Só Deus apaga o teu passado

“Eu, eu mesmo, sou o que apago as tuas transgressões por amor de mim e dos teus pecados não me lembro”(Isaías 43:25).

Ouve-se muito dizer que, “Deus lança nossos pecados no mar do esquecimento, e deles não se lembra mais”, você precisa entender que ao se arrepender verdadeiramente de seus pecados, e crer que Jesus é realmente o Filho de Deus, o qual é o único mediador entre Deus e você, como está escrito “Porque há um só Deus, e um só Mediador entre Deus e os homens, Jesus Cristo homem. (1 Timóteo 2:5)” e após crer nesse fato, confessar Jesus como Senhor e salvador da sua vida, pois diz a palavra “A saber: Se com a tua (boca) confessares ao Senhor Jesus, e em teu coração creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo. Romanos 10:9”. Você aceita Jesus e além de ser perdoado você alcança a vida eterna.

Você não encontrará na bíblia o termo exato “mar do esquecimento”, o que nos leva a mencionar essa expressão fica em Miqueias (7:18,19) que diz: “Quem, oh Deus, é semelhante a ti, que perdoas a iniquidade e te esqueces da transgressão do restante da tua herança? O Senhor não retém a sua ira para sempre, porque tem prazer na misericórdia. Tornará a ter compaixão de nós; pisará aos pés as nossas iniquidades e lançará todos os nossos pecados nas profundezas do mar.” Esse versículo trata do caráter misericordioso do Pai.

Já no Antigo Testamento, muito tempo antes da vinda de Cristo, que representa a Graça, o nosso Deus não agiu em momento algum de forma cruel para os que o amavam. Quando você se prostrar diante do único e verdadeiro Deus, verdadeiramente arrependido e confessar seus pecados, Ele te perdoa e esquece todas as tuas transgressões. No livro de Tiago diz: “Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados, e nos purificar de toda a injustiça. (1 João 1:9)”, essa promessa se estende até os dias de hoje, é para você e para mim. Deus não pensa antes de perdoar os teus pecados, Ele simplesmente perdoa, basta confessar com arrependimento sincero no coração

Quando Deus entrega seu Filho para morrer por você, há um sentimento de amor incondicional por parte do Pai para com você e todos os que se encontram perdidos em meio ao pecado que domina o mundo. Ao aceitar a Jesus como Senhor e salvador em sua vida, você se torna uma pessoa especial para Deus, a sua palavra diz: “Mas vós sois a geração eleita, o sacerdócio real, a nação santa, o povo adquirido, para que anuncieis as virtudes daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz; (1 Pedro 2:9)”.

Em Isaías 43:2, Deus diz: “Eu, eu mesmo, sou o que apago as tuas transgressões por amor de mim e dos teus pecados não me lembro”. Isaías está afirmando que Deus não se lembra de seu pecado quando confessado, você está entendendo o que é a misericórdia de Deus?
Deus, esquece seus pecados, e te permite ter uma nova chance de, diante dEle, começar de novo com força e poder dado por Ele para vencer o mal. O “mar do esquecimento” é, então, o símbolo do grande perdão que Deus tem para todo aquele que se arrepende. Muitas coisas são lançadas ao mar, e outras tantas se encontram a milhares de anos submersas, porém só se procura no fundo do mar algo que tenha valor concorda? Deus esquece dos teus pecados e por isso Ele lançou no mar, devido não ter valor nenhum para Ele seus pecados que antes te dominavam e que agora fazem parte de um passado que não mais existe, pois se foram para sempre.

Já parou para pensar, que guando você pensa em “perdoar” uma pessoa, de um modo geral dificilmente tem verdadeiramente em sua mente a ideia de ocultar eternamente o que ela te causou? Você perdoa, mas sempre que deseja visualiza o que te fizeram. O perdão do homem natural, nem sempre está ligado ao esquecimento. Mas o perdão divino torna totalmente desaparecido toda iniquidade. Ao lançar teus pecados nesse lugar obscuro, Deus nunca mais desejará lembrar-se dele. Não se preocupe se o mar do esquecimento existe ou não, o que interessa na verdade é saber que Deus te ama tanto a ponto de escolher não se lembrar dos teus erros, quando você realmente se arrepender e pedir perdão a Ele, como já foi dito acima. É uma questão de decisão, de não mais cometer aquele pecado que tanto te leva a ruína tanto espiritual. Deus diz que é misericordioso a ponto de escolher se esquecer dos teus pecados, pergunto então: quem é você para ficar se torturando ao se lembrar deles, dando ouvidos ao diabo, que é o acusador? Como diz as escrituras “Quem intentará acusação contra os escolhidos de Deus? É Deus quem os justifica. (Romanos 8:3)”. Deus, o Todo-poderoso, o Criador dos céus e da terra, único Santo e puro, que escolheu não se lembrar mais do teu erro, diz a você: Porque apontar o dedo e julgar teu irmão? Podes tu julgar? Podes tu sentenciar? És tu maior que teu Deus?

No momento em que você confessa Jesus como Senhor da sua vida, o nosso Deus risca da sua vida todo relatório que o diabo tenha apresentado contra você, tudo que era contrário a você é tirado e cravado na cruz, e como a cruz está vazia, cumpre-se a palavra de Deus que está em Isaías acerca de Jesus, “Verdadeiramente ele tomou sobre si as nossas enfermidades, e as nossas dores levou sobre si; e nós o reputávamos por aflito, ferido de Deus, e oprimido. Mas ele foi ferido por causa das nossas transgressões, e moído por causa das nossas iniquidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados. (Isaías 53:4-5)”. Creia nessa verdade e jamais retire-a do seu coração, “Havendo riscado a cédula que era contra nós nas suas ordenanças, a qual de alguma maneira nos era contrária, e a tirou do meio de nós, cravando-a na cruz. (Colossenses 2:1

Creio que depois de tudo que você leu, vale a pena refletir, meditar e confessar sua gratidão a Deus por seu total acesso a sua divina graça que está em Cristo Jesus.

Com amor da parte do Pai e Cristo Jesus, Pregador Maurio Maciel. 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *