Da água pro vinho

“E, indo no caminho, aconteceu que, chegando perto de Damasco, subitamente o cercou um resplendor de luz do céu. E, caindo em terra, ouviu uma voz que lhe dizia: Saulo, Saulo, por que me persegues? E ele disse: Quem és, Senhor? (Atos 9:3,4 e 5)”

O apóstolo Paulo a caminho de Damasco teve um encontro com Cristo que mudou a história de sua vida. Quando seguia os discípulos de Jesus seu nome era Saulo, homem temido, determinado, corajoso e ousado; essas qualidades do futuro apóstolo faziam parte da estratégia de Deus com relação aquele que se tornaria o maior evangelista de todos os tempos. Podemos ver que quando Jesus interrompe a viagem de Saulo no meio do caminho, imediatamente podemos ver que Saulo chama a Jesus de Senhor, treme na presença do Senhor e imediatamente obedece a ordem que lhe foi dada (Atos 9:4,5,6 e 7). Estando Saulo 3 dias sem ver, a palavra diz que ele não comeu nem bebeu (Atos 9:9), Saulo poderia sim se alimentar e beber água, mais ele inicia ali um jejum de 3 dias que foi essencial para sua intimidade com o Pai.

No capitulo (9:12), Saulo recebe o dom de visão, Jesus mostra a ele que um homem chamado Ananias punha sobre ele a mão, para que tornasse a ver. Como nos dias de hoje a primeira reação das pessoas que veem uma pessoa pecadora ou presa a algum vício é criticar e não crer na libertação que Jesus é capas de realizar. Nosso irmão Ananias diz ao Senhor no verso “(13,14 de Atos) Senhor, a muitos ouvi acerca deste homem, quantos males tem feito aos teus santos em Jerusalém; E aqui tem poder dos principais dos sacerdotes para prender a todos os que invocam o teu nome.” E Jesus imediatamente responde a Ananias dizendo nos versos “(15,16 de Atos) Vai, porque este é para mim um vaso escolhido, para levar o meu nome diante dos gentios, e dos reis e dos filhos de Israel. E eu lhe mostrarei quanto deve padecer pelo meu nome.” Devemos compreender que quando Deus realmente resgata uma pessoa ele o faz de forma completa e tem planos para cada um que é Arrebanhado para seu reino, somos um corpo e um corpo vivo, que se move sobre a terra com objetivo de levar salvação até os confins da terra, pois está escrito em “(Atos 1:8) Mas recebereis a virtude do Espírito Santo, que há de vir sobre vós; e ser-me-eis testemunhas, tanto em Jerusalém como em toda a JudÉia e Samaria, e até aos confins da terra.” Assim que caem dos olhos de Paulo como que escamas, e ele volta a enxergar, é cheio do Espírito Santo e é batizado, assim estava Saulo preparado a sair e pregar boas novas como diz Atos 9:20.

Com certeza não vimos mais conversões extraordinárias como a de Saulo, mais com certeza conforme ele nos ensina em suas cartas, devemos buscar o crescimento constante na palavra de Deus, e obedecer Ide e pregai o evangelho… que Jesus nos ordenou. No capítulo 13:9 aparece a primeira referência da mudança de nome do apóstolo, fica porem sem definição o porquê da mudança. O que me chama a atenção nesse grande homem de Deus é sua determinação em pregar a palavra, sem medo, sem interrupção, com muito zelo, objetividade, coragem e plenamente transparente ao que pensava e se propôs a fazer. Jesus para Paulo era o oxigênio de seu ser, ele inspiração palavra viva, e expirava palavra de consolo, paz e salvação. Ler a palavra de Deus é nosso oxigênio básico para viver uma vida de santidade, devemos ter como principio que a palavra de Deus que é viva e eficaz como diz em “(Hebreus 4:12) Porque a palavra de Deus é viva e eficaz, e mais penetrante do que espada alguma de dois gumes, e penetra até à divisão da alma e do espírito, e das juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e intenções do coração.”, essa palavra é verdadeiramente capaz de mudar nosso interior por meio da sua leitura. Paulo nos ensina e nos estimula a prosseguir, a não olhar para traz, ele nos alerta para esquecer as coisas que para traz ficam, seguindo pelo prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus (Filipenses 3:14). Amados, quão profunda é essa afirmação, se todos lessem essa frase com toda inspiração do Espírito Santo de Deus, com certeza grandes mudanças ocorreriam em nosso meio. Paulo apesar de toda instrução dada pelo Espírito, não se via como maior que ninguém, muito pelo contrário, ele afirma “A mim, o mínimo de todos os santos, me foi dada esta graça de anunciar entre os gentios, por meio do evangelho, as riquezas incompreensíveis de Cristo, (Efésios 3:8)”.

Hoje o que temos visto em algumas igrejas? Homens que se julgam verdadeiros enviados de Deus como se fossem uns maiores que outros, lutam na busca de serem reconhecidos não pela palavra, pelo ministério que dizem exercer, e sim por suas técnicas e habilidades aprendidas com homens que os fazem verdadeiros manipuladores das emoções dos que o ouvem. As igrejas hoje estão inchadas, pessoas que só buscam interesses próprios, resolver problemas de seu ego, buscar riquezas, bens, e se esquecem de ler, refletir a palavra e lembrar-se que Jesus está voltando e só levará aqueles que são verdadeiros adoradores, conhecer o Pai em seu íntimo é o mínimo que devemos buscar para alcançarmos esse privilégio da salvação; se as pessoas procurassem conhecer mais a palavra, compreenderiam com mais afinco e amor tudo que acontece ao seu redor e em suas vidas, compreenderiam melhor o que Jesus queria dizer quando disse em “(João 16:33) Tenho-vos dito isto, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo.” Amados Deus está sobre a terra em busca de adoradores, homens e mulheres dispostos a servi-lo, a pregar seu evangelho genuíno e não vender salvação, pois a salvação é um dom gratuito de Deus para os que o amam você sabia disso? Se não leia “Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna, por Cristo Jesus nosso Senhor. “Romanos 6:23)”, você não tem pagar para ser abençoado, Jesus não ordena que você faça sacrifícios para que Ele te abençoe, o que ele nos ensina é que devemos conhecer a palavra, vive-la e assim andarmos em novidade de vida, “E Jesus, respondendo, disse-lhes: Porventura não errais vós em razão de não saberdes as Escrituras nem o poder de Deus? (Marcos 12:24)”.

Amados busque a face do Senhor, ore, converse com aquele que é o único digno de todo louvor, adoração e honra; e também o único capaz de te ouvir sem julgamentos, de abrir a porta que você necessita, que cura sem cobrar nada, que pede apenas para que você seja fiel, obediente e dedicado a sua palavra. Deus está ai ao seu lado nesse exato momento perguntando “filho o que queres que eu te faça?” responda o que realmente você deseja e assim espere e viva o melhor de Deus em sua vida. Que essa mensagem possa te ajudar a entender que Deus não te esqueceu, e que tudo o que você pedir em nome de Jesus lhe será feito segundo a vontade do Pai.

Com amor da parte do Pai e Cristo Jesus, Pregador Maurio Maciel.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *